Archive for abril \21\UTC 2008

h1

Dançando e Rodando!

21 d e abril d e 2008

Eu sou muito feliz em ter amigos bacanas e que me ensinam tanto sobre a modernidade. Um dos principais ensinamentos é o quanto o torrent pode mudar a sua vida e como a música é essencial para tornar os dias mais agradáveis. Pra quem ainda não sabe baixar torrents o site tem um tutorial bacana aqui.

Juntando esses dois ensinamentos, amigos [e namorado] fizeram um site com links em torrent dos cds mais raros e difíceis de achar, o Poeira Discos!

é muita fofurinha!

Recomendo fortemente, em especial o último cd postado- Funky 4 + 1– uma das primeiras bandas de hip-hop com a presença de uma mulher em 1979, brigado! [nem preciso dizer o quanto morro de orgulho!]

Anúncios
h1

Obama de novo!

13 d e abril d e 2008
Mas agora é para mostrar que esse blog também é sério [ui!]

Essa reportagem na Piauí, me causou muito estranhamento…

É louca a história do Obama [a realidade, Maria, é louca!] uma história que vai no caminho oposto ao da super liberdade dos pais e passa a se sentir livre em lógicas ultra tradicionais como a família e a religião. Porque parece ser sempre o caminho que nós fazemos, o de negar uma história já dada e querer fazer uma nova pra e pela gente, mesmo que para isso se comece a trilhar os caminhos do conservadorismo, o que pode parecer muito paradoxal, mas faz muito sentido, pelo menos pra mim.

É muita psicossociologia no coração!

É maluco pensar como uma pessoa pode ser pensada a partir de lógicas do Rawls e ao mesmo tempo ser pensado [sim eu gosto do particípio!] como uma pessoa que se preocupa com individualidade, mas que coloca a disputa política em lugar de mais alta conta. “O universalismo é uma ilusão”

Eu fiquei pensando que esse meu vício de Obama também tem a ver com o fato dele ser exatamente meu oposto: desapaixonado, consistente, calmo, compenetrado. E sinceramente eu me encanto por coisas assim…de verdade. Análises lúcidas como:

“Percebo que as minhas escolhas nunca foram na verdade só minhas, e era assim mesmo que deviam ser, pois afirmar o contrário é perseguir um tipo lamentável de liberdade.”


E ultimamente minha preocupação constante têm sido me
livrar da “inocência […] na sua forma mais destrutiva, da liberdade em sua forma mais enganosa, do universalismo na sua forma mais ingênua.” Gostaria muito de conseguir me pensar criticamente, distante dessas lógicas, mas se todas essas reflexões e questionamentos me encaminharem para a porta do conservadorismo [de novo] eu saio correndo e abraço a ingenuidade da revolução com todas minhas forças! Por que viver sem achar que você pode fazer alguma coisa, que gere qualquer tipo de mudança seria completamente insuportável pra mim.

ai ai…
h1

Teoria #1

7 d e abril d e 2008

Eu, como boa psicóloga [cof!] que sou, tenho várias teorias sobre a humanidade e uma das mais geniais é a teoria da lésbica primordial.

Todo mundo já deve ter reparado que nos filmes, seriados e afins quando uma das personagens principais vira lésbica é sempre por influência de uma lésbica true e experiente que converte surpreendentemente a personagem menos provável!
Donde vem a teoria: Quem seria a lésbica primordial? A que não foi convertida, mas sim já se sabia lésbica desde sempre? mistérios para o discovery channel desvendar…


Enquanto isso…

To ai super bombando na Cate Blanchett e super toparia que ela fosse minha lésbica primordial!

M U S A!

p.s. post em homenagem à lulu!
h1

E Deus inventou kanye west …

5 d e abril d e 2008
Vai ser bem vestido assim lá na putaquepariu!

Por que os outros rappers insistem no visual gangsta [e os brasileiros, tristemente, imitam] se existe o kanye west que ta aí sabendo tudo de senso estético? AHAZA!

A M O!

p.s. adivinha em quem ele vai votar…